OAB solicita ao TJ-PR sustentação oral por videoconferência

28/08/2019

Representantes da OAB Paraná se reuniram com o 2ª vice-presidente  do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), desembargador José Laurindo de Souza Netto,  na última terça-feira (2) para debater a ampliação do sistema de sustentações orais por videoconferência nas turmas recursais. Estiveram presentes o presidente da seccional, Cássio Telles, a diretora da Escola Superior da Advocacia (ESA), Adriana D’Avila, o presidente da Comissão de Assuntos Legislativos, Emerson Fukushima, o presidente da Comissão de Defesa das Prerrogativas Profissionais, Andrey Salmazo Poubel, e o assessor da presidência da seccional, Ricardo Navarro.

Como não tem estrutura em todos os fóruns para realizar as videoconferências, o TJ-PR propôs à OAB-PR uma parceria para que estruture salas a fim de que  as videoconferências sejam realizadas das sedes das subseções. Foi formado um grupo de trabalho que fará um estudo técnico sobre os equipamentos necessários para as salas.

O objetivo é que todas as 48 subseções tenham as salas estruturadas para as videoconferências. A experiência com as turmas recursais é um projeto piloto e a meta final é que também seja possível que a iniciativa ocorra com as câmaras. “Essa iniciativa vai facilitar a atuação do advogado que não precisará se deslocar à capital para fazer seu trabalho e também representará economia de recursos para o cliente”, destaca o presidente da OAB Paraná.