OAB discute com o TJ-PR ampliação do sistema de videoconferências para sustentação oral nas Turmas Recursais

04/08/2019

Em reunião realizada na sede da OAB Paraná, o presidente Cássio Telles e o desembargador José Laurindo de Souza Netto, segundo vice-presidente do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), discutiram a possibilidade de ampliação do sistema de videoconferências para sustentação oral nas Turmas Recursais. O pleito da Ordem é que o sistema alcance todas as 161 comarcas do estado. O desembargador afirmou que o tribunal tem disposição de seguir com a expansão do sistema inaugurado em Londrina e região em fevereiro de 2018 (relembre aqui).

Em julho de 2018, comarcas da regiões de Maringá e Foz do Iguaçu também passaram a contar com a possibilidade de realizar suas sustentações orais nas Turmas Recursais por videoconferência (confira aqui). O sistema garante mais comodidade ao advogado e tem reflexos positivos sobre a qualidade do trabalho e o custo processual.

Lançada por meio de parceria entre a Presidência do TJPR, a 2ª Vice-Presidência e o Departamento de Tecnologia e Informação, a ferramenta busca dar maior celeridade e acessibilidade ao julgamento dos recursos dos Juizados Especiais, viabilizando que as sustentações orais de advogados do interior do estado possam ser realizadas sem a necessidade de deslocamento até Curitiba. “Trata-se de uma conquista para a advocacia, especialmente para os profissionais que atuam em comarcas mais distantes da capital. Esse avanço só tem sido possível graças ao diálogo permanente entre a OAB e o TJ”, afirmou o presidente Cássio Telles.

Mediação e conciliação

Além de discutir a expansão do sistema de sustentação oral por videoconferência, Telles e o desembargador Souza Netto também trataram do credenciamento da Escola Superior da Advocacia (ESA) da OAB Paraná para formar mediadores e conciliadores.