Morosidade do Poder Judiciário está entre os principais entraves enfrentadas pelos advogados paranaenses, aponta pesquisa

17/02/2020

A morosidade do Poder Judiciário está entre as maiores dificuldades enfrentadas pelos advogados no exercício da profissão. Foi o que apontou pesquisa realizada pela OAB Paraná no final de 2019, com o intuito de identificar o perfil e a realidade da advocacia paranaense.

A resposta à pesquisa confirma a prioridade que vem sendo dada pela Seccional quanto à exigência de atenção ao primeiro grau, especialmente pelo Tribunal de Justiça. A diretoria vem percorrendo o estado em audiências públicas com a advocacia. Já foram visitadas 82 comarcas, sendo constante a reclamação dos advogados quanto à falta de servidores.

O levantamento realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas ouviu 3.080 advogados por telefone e via web. Para 43,3% dos profissionais, a morosidade da Justiça supera a alta concorrência na advocacia, apontada como o principal problema por 28,4% dos entrevistados, e a baixa remuneração, principal entrave para 25,2% dos entrevistados.

Os dados foram coletados entre os dias 8 e 21 de outubro de 2019. As questões abordaram as condições de trabalho, os desafios e as perspectivas para o futuro. Dos mais de 3 mil entrevistados, 69% vivem exclusivamente da advocacia. A área Cível concentra 39,8% dos profissionais ouvidos. 45% dos entrevistados atuam entre 5 e 20 anos na profissão, e 85,2% exerce a profissão de forma privada.