Advogados não têm que apresentar procuração ou requerimento para acesso a inquéritos na PF

07/05/2019

Situação contrária à lei e que incomodava os advogados de Londrina, a exigência de apresentação de procuração e requerimento para ter acesso a inquéritos que tramitam na Polícia Federal não existe mais.

O compromisso de fazer valer a lei foi assumido pela Chefia do Órgão através do delegado Joel Moreira Ciccoti, que, orientado pela Corregedoria da Polícia Federal, após reunião com o diretor de Prerrogativas da OAB-Londrina, Geovanei Bandeira, informou que é desnecessária tais apresentações.

 “Levei a questão ao delegado-chefe da PF – então Joel Moreira Ciccoti – que fez o encaminhamento à corregedoria. Após constatarem que essa é, realmente, uma prerrogativa dos advogados e que a exigência feria o nosso Estatuto, fomos informados de que a exigência foi suspensa”, relata Bandeira. 

Caso o advogado continue tendo qualquer problema, deve procurar o Plantão de Prerrogativas da OAB-Londrina, pelo fone 99949-5961, conforme orienta o diretor.