Publicado em: 02.04.2020

Momento de adaptação: 360 novos advogados prestaram juramento pela internet

Desde o fechamento da OAB Paraná para atendimento ao público, no dia 20 de março, a OAB Paraná inscreveu 360 novos advogados de todo o estado no formato de juramento simplificado, com base na Portaria nº 55/2020. O modelo prevê que compromisso seja firmado por escrito.

De acordo com a secretária-geral adjunta, Christhyanne Regina Bortolotto, a diretoria tomou essa decisão para que nenhum advogado que já tivesse protocolado o seu pedido de inscrição ficasse sem a possibilidade de advogar. “Uma vez que todos os requisitos estavam preenchidos, esses profissionais tiveram sua inscrição efetivada. É uma questão alimentar, por isso nós não deixamos de lado. Nossa secretaria tem trabalhado bastante para dar andamento às inscrições, mesmo com quadro reduzido”, explica.

A gestora da Secretaria da seccional, Letícia de Oliveira Ribeiro, explica que o desafio da equipe tem sido grande. “A forma de realizar o juramento para novos advogados foi completamente alterada e isso impactou diretamente nos processos de trabalhos do setor. Com parte da equipe em férias, a Secretaria conta hoje com quatro colaboradoras em teletrabalho e ainda assim alcançou esse número expressivo de novos inscritos”, explica.

De acordo com Letícia, há muito trabalho pela frente, pois os processos protocolados até o dia 20 de março estão tramitando perante as Comissões de Seleção, sendo que, logo após o deferimento, também terão a oportunidade de prestar o juramento simplificado. “Além disso, a Secretaria segue prestando os demais serviços relativos à sua competência, com exceção de novos protocolos de inscrição e emissão de credenciais”, lembra.

A secretária-geral adjunta explica ainda que na Câmara de Seleção a meta é zerar todos os pedidos de inscrição para que, no retorno à rotina, os advogados que não tiveram oportunidade de se inscrever possam fazê-lo e ter a análise e o deferimento em prazo recorde.

“Os conselheiros seccionais que integram as Comissões de Seleção, mesmo com toda a dificuldade que passam com seu trabalho, já que também estão em home office, ainda têm encontrado tempo para despachar os processos de inscrição. A OAB olha para os novos advogados e quer auxiliá-los num dos pilares que vão nos permitir sair da crise: o trabalho”, completa Christhyanne.

Fonte: OAB-PR
Recomendar este Artigo por email