Publicado em: 25.01.2019

Em discurso de posse, presidente reitera compromissos com a advocacia

Com o auditório lootado e discursos marcados pelo compromisso com a advocacia, a nova diretoria da OAB-Londrina tomou posse oficial no último dia 24 de janeiro, em cerimônia realizada no auditório da entidade. Vânia Regina Silveira Queiroz assumiu a presidência, substituindo Eliton Araujo Carneiro.

Participaram diretores da Seccional, conselheiros federais e estaduais, presidentes e representantes de subseções do Estado, presidente e vice-presidente da CAA-PR, Fabiano Bacarat e Nelson Sayun Junior, respectivamente,  representantes do Ministério Público, da Magistratura, de entidades de classe e instituições de ensino. Também contou com a presença do prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, e do presidente da Câmara de Vereadores, Ailton Nantes.

A solenidade começou com a apresentação do Coral da Subseção, projeto da Caixa de Assistência dos Advogados do Paraná, iniciado na cidade em 2017; e bênçãos do arcebispo de Londrina, Dom Geremias Steinmetz .

Em seu discurso, a presidente Vânia Queiroz reiterou todos os seus compromissos com a advocacia, destacando, entre outros,  o combate implacável ao desrespeito às prerrogativas dos advogados; a defesa da qualidade do ensino de Direito; o apoio irrestrito aos advogados iniciantes e à advocacia dativa;  a inclusão e o respeito aos desiguais, promovendo também a igualdade de gênero e o fortalecimento da mulher advogada por meio das comissões temáticas que tratam destas questões sociais e humanitárias.

Outros pontos destacados pela presidente foram o “combate ao aviltamento de honorários  e à concorrência desleal daqueles que não respeitam tabela mínima do Conselho e que a sucumbência seja arbitrada dentro dos ditames legais”.

Vânia Queiroz lembrou que há mais de 20 anos trabalha em prol da Ordem, sendo como membro das diretorias anteriores  - entre os cargos já ocupados está o de vice-presidente na gestão do então presidente Artur Piancastelli – ou conselheira. “Há mais de 20 anos tenho estado presente em assuntos da Ordem e chego agora ao cargo de presidente amparada pelos aprendizados e conhecimentos adquiridos nesta longa caminhada”, comentou.  

A presidente também lembrou, em seu discurso, que foi eleita com ampla maioria, mas que o fato de ter tido uma chapa concorrente foi muito salutar, “pois mostrou que há muitos anseios da classe a serem atendidos”. Vânia Queiroz ainda destacou que a Subseção de Londrina é a maior do Paraná – e está entre as maiores do Brasil – e, portanto, merece receber um olhar atencioso da Seccional “por sua importância e grandiosidade”.

“Queremos fazer desta gestão um marco na OAB-Londrina, não por ser a primeira vez que uma mulher a preside, mas pelo  apreço que dedico a essa instituição, que é reconhecida pela sociedade civil pelo protagonismo na defesa da manutenção da democracia e do estado de Direito”, disse.

O presidente da Seccional, Cássio Lizandro Telles, destacou, em seu discurso, o papel das mulheres na Ordem. “Nós saímos de quatro mulheres presidentes de Subseções para 14 nesta gestão. Me orgulha demais, como presidente da Seccional, realizar uma gestão nos próximos três anos com esse marco da igualdade de gênero entre homens e mulheres”.

Telles também enalteceu a gestão anterior da OAB-Londrina, conduzida pelo agora conselheiro estadual Eliton Araujo Carneiro, citando, entre os feitos da diretoria anterior, o empenho na entrega do imóvel do edifício Tuparandi reformado para uso da advocacia.

Paraná Total

Cássio Telles ainda destacou o desafio que a atual diretoria da Seccional se impôs e que já está em andamento, que é o projeto OAB Paraná Total, no qual os diretores se comprometem a visitar as 161 comarcas da OAB no Estado. “Tenho certeza que o caminho que escolhemos é o certo, que é o de aproximação da advocacia. Esse será o marco de nossa gestão: vamos ao encontro da classe para conversar e, principalmente, ouvir a advocacia paranaense.”

Várias comarcas já foram visitadas, o que mostrou, segundo Telles, a correta escolha do lema da atual gestão: “mais dignidade e mais respeito para a Advocacia; que o triplé do judiciário seja equilibrado e não que um esteja numa posição superior à outra. Todos nós lutamos pelo mesmo ideal, que é a pacificação da sociedade, liberdades preservadas e Constituição respeitada.”

Ele ainda destacou que, embora muitos não vejam, o Brasil vive um período de avanços. “Temos uma Constituição que mais perdurou num período democrático sendo respeitada e que tem preservado o que, para nós advogados, é a coisa mais relevante, a democracia. Depois de 88, quantos avanços a área jurídica trouxe para o país”, disse, citando os vários estatutos, códigos, lei de acesso à informação, portais de transparência, entre tantos outros.

“Portanto, temos que dizer que a advocacia não pode ser ignorada e desrespeitada. Nós permaneceremos em vigília sempre. Não aceitaremos retrocessos nas conquistas nos campos da liberdade e da igualdade. Nós não aceitaremos a extinção da Justiça do Trabalho e redução de direitos que preservam a dignidade do trabalhador. Queremos progresso econômico, mas que seja com olhos na construção de uma sociedade livre, justa e solidária”.

Despedida

O ex-presidente da Subseção Eliton Araujo Carneiro se despediu do cargo agradecendo aos membros de sua diretoria e avaliando, de forma positiva, o trabalho realizado. 

“Iniciei o mandato com o compromisso de fazer uma gestão profícua. Em três anos, foram realizados mais de 350 eventos dedicados aos advogados com o objetivo de atender às demandas crescentes de conhecimento pelas quais passa a advocacia; foram criadas novas comissões,  que juntas realizaram mais de 600 reuniões”, elencou, entre outros projetos desenvolvidos. Ele lembrou que o trabalho prestado pelos advogados à Ordem é voluntário e sem remuneração financeira, e que mesmo tendo uma rotina atribulada, todos os membros da diretoria e comissões se dedicaram de forma admirável ao trabalho à Subseção.

Clique AQUI - Fotos do evento

Fonte: OAB-Londrina
Recomendar este Artigo por email