Publicado em: 08.05.2018

Abertura da 1º Jornada sobre Judicialização da Saúde reúne mais de 300 participantes

Cerca de 340 profissionais e estudantes das áreas da Medicina e do Direito lotaram o auditório da OAB Londrina na noite desta segunda-feira (07) na abertura da 1º Jornada sobre  Judicialização da Saúde – Acesso a Medicamentos, que teve como palestrante o desembargador do Tribunal Federal da 4ª Região, João Pedro Gebran Neto.

Após a palestra, uma mesa redonda moderada pelo médico e professor Gilberto Martin contou com apresentações  do médico, representante do Conselho Regional de Medicina,   Alcindo Cerci Neto, que abordou o tema “A Prescrição Médica e seus Limites: Medicina Baseada em Evidências”. Em seguida, a  farmacêutica da Secretaria Estadual de Saúde do Paraná,  Deise Regina Sprada Pontarolli, falou sobre  “Critérios de Incorporação e Disponibilidade de Medicamentos no Sistema Único de Saúde”. Encerrando as apresentações, o advogado Adauto de Almeida Tomaszewski,  abordou a questão  “ Advocacia Privada e a Garantia de Acesso a Medicamentos”. A plateia pode participar dos debates, numa discussão que se mostrou extremamente interessante e positiva, apontando caminhos que podem contribuir para a tão buscada contenção saudável das demandas judicializadas na saúde.

A 1º Jornada sobre  Judicialização da Saúde – Acesso a Medicamentos é uma iniciativa conjunta  de várias entidades, entre elas o Sindicato dos Médicos do Norte do Paraná (Sindmed), o  CRM  (Conselho Regional de Medicina-PR); OAB Londrina; AML (Associação Médica de Londrina); Comitê Executivo da Saúde de Londrina; Autarquia Municipal de Saúde de Londrina e AMP (Associação Médica Paranaense).

O evento continua nesta terça-feira (08). A programação pode ser conferida no site www.sindmed.com.br

Fonte: OAB Londrina
Recomendar este Artigo por email